domingo, 5 de março de 2017

Casamento à quarta-feira

Vocês querem é festa, não é?
Pronto, eu conto tudo.

Themasterbedroom é oficialmente mãe de uma menina de 4 anos. Sim, há 4 anos themasterbedroom estava de perna aberta numa marquesa a parir um leitãozinho de 4 kg. E esta, hein?

Ora isto das festas de aniversário tem muito que se lhe diga. É vivendo e aprendendo. Como este foi "apenas" o quarto aniversário, não há ainda grande histórico.
O primeiro juntou-se com o batizado e a festa foi numa quinta. Fair enough. O segundo foi em casa, só com a família mais próxima e sem miúdos (mas claro que invariavelmente me acontece aquela coisa de olhar para o lado e ver alguém no meu sofá, que é só a segunda ou terceira vez que vejo na vida - a pessoa, não o sofá. "Família próxima", portanto). No terceiro aniversário, themasterbedroom perde o amor ao dinheiro, aluga um espaço, enfia lá comida e pessoas e eles que se desunhem para ver quem chega primeiro aos croquetes.

E eis que chegamos ao quarto aniversário.

Themasterbedroom andou aí a ter umas semanas complicadas. Spé complicadas, que uma pessoa nem sabia para onde se virar. 
E perante isto, quando a mana da themasterbedroom pergunta "Então e os anos da Maria? Faltam 3 semaninhas, hein? Já tens tudo pronto?" é quando ponho os dedos na tomada e levo um choque. Ou como quem diz, só nesse momento é que me lembrei que sim senhora, tenho uma filha e que sim senhora essa filha iria fazer 4 anos dali a três semanas.

Aos 4 anos os miúdos já têm "consciência social" (uuuuhhhhh...) e querem festas com os amiguinhos todos, os primos, os vizinhos e o gatinho que viram na árvore no Natal de 2012. 
Não faz mal, em equipa que ganha não se mexe, por isso themasterbedroom resolve que vai alugar um espaço, enfiar lá os miúdos, balões e um bolo e fechar a porta muito bem fechadinha.
O que não me lembrei é que isto dos aniversários é pior que os casamentos, a pessoa quer casar dali a três anos e os-sábados-já-estão-todos-reservados-até-2021. "Tenho aqui um buraquinho numa quarta-feira de manhã em 2019. Serve?"...

Bom, voltando aqui ao aniversário. Como podem imaginar, todos os espaços que tentei reservar já estavam ocupados para o dia do aniversário da Maria (que calhou num sábado, portanto a festa coincidiu com o dia do aniversário).
Todos não. Havia um pavilhão desportivo na C+S da Pampilhosa que estava disponível. Mas pediram-me 475 € por 15 crianças (sem lanche incluído) e eu pensei... "Hum... a Maria ainda há de fazer tantos anos nesta vida*, que se não celebrarmos este, ela nem dá por nada..". Vá, não era na C+S da Pampilhosa, era aqui mais perto, mas o resto é verídico - incluindo a parte do pavilhão, dos 15 miúdos e dos 475 €.

À medida que os dias passavam, era óbvio o que iria acontecer e que aconteceu, efetivamente: fazer a festa da Maria com os amiguinhos em casa (ufa, até me custou repetir este pensamento do demo).
Não vai correr mal. Uma casa tão grande há-de servir para alguma coisa!...

E vá de enfiar 20 miúdos e 10 pais em casa. E achar que a super mãe é aquela que faz tudo e não compra nada feito. E que a Frozen é um ótimo tema para uma festa. E que há decoração da Frozen à venda em todo o lado, por isso deve ser baratíssima (desenganem-se quanto a esta parte. Ainda estou chocada com 20 guardanapos DE PAPEL a 5 € e toalhas de mesa descartáveis a 15 €).

Sempre imbuída do espírito de super mãe e do pensamento vá-é-só-uma-vez-por-ano, lá me pus ao assunto "Missão Aniversário Frozen".

Comecei por fazer uma lista de tudo o que iria precisar. #poisdevias
Nah, com esta não engano ninguém... Eu simplesmente não sou essa pessoa. Eu sou a pessoa que comprou guardanapos 2 vezes, porque não se lembrava se sempre tinha cedido ao disparate dos 20 guardanapos a 5€ ou se teria tido juízo. Eu sou a pessoa que comprou copos 3 vezes, porque das duas primeiras achou que não iriam ser suficientes e que acabou com um conjunto de 150 copos para uma festa de 30 pessoas. Eu sou a pessoa que comprou 3 kg de açúcar "porque os bolos levam açúcar", quando tem uma despensa onde já estavam outros 5 kg. Yep, meet me at my very worst.
.
Portanto, com esta pequena amostra podem imaginar o nível de organização da pessoa - #zero.

"Se não usar este ano, fica para o próximo". E com este pensamento, acabei a quadra aniversalícia com material para os aniversários da Maria até aos seus 15 anos.

Como isto já vai longo e ainda mal comecei, vamos passar à parte que vocês querem saber.

Se fiz tudo em casa? Sim. E porquê, themasterbedroom? Porque acho que: 

1. Sai mais barato - não, não sai. E por mais que pareça que sim, acreditem que não. 
2. Faço melhor - não, não fazes, querida. Não és doceira, não sabes fritar salgados, não tens uma impressora decente em casa e NÃO TENS TEMPO.
3. Faço mais bonito - esta vou deixar passar. O blog é meu.
4. Tenho ajuda - mãe, estás no coração. Mas piri-piri nos pastéis de massa tenra numa festa para crianças... err... mas amigas como antes. 

E estes quatro argumentos pareceram-me na altura mais do que suficientes para justificar fazer tudo em casa.

Então e o bolo? Não dedicas um parágarfo ao bolo, Jéssica Sofia? 
Claro que sim, caríssimos leitores. Então eu saía daqui sem explanar sobre a minha nova skill?!...

Quando pensei no bolo, quis mesmo ser eu a fazer. 
Voltando aos anos anteriores: no primeiro ano, como tinha batizado incluído (e aniversário do pai da Maria, que faz no dia seguinte) mandei fazer o bolo. Eram duas gaiolas (eu e os passarinhos...), o desenho que dei de exemplo era lindo, mas o bolo não saiu propriamente como eu queria. Paguei uma fortuna e fiquei muito triste com o resultado. No segundo e terceiro anos, mandei fazer bolos branquinhos e depois decorei com uns bonecos do respetivo tema e pronto. 

Mas este ano queria mesmo fazer o bolo e decorá-lo. Sentia-me capaz disso, de tantos bolos que vi online. 

Eu sou aquela pessoa que vive dentro do YouTube. Eu poderia viver uma vida paralela no YouTube. Tipo TheSims, mas em YouTube. Não há nada que não esteja no YouTube, não há nada que não se aprenda por lá, que alguém não tenha perdido tempo a explicar passo-a-passo. 

Como tenho a sorte de ser fast learner (haters, podem pegar nisto, já que têm pegado em tão menos...), lá fui eu procurar quem me ensinasse.
Detesto falsas modéstias, portanto sim, eu acho que aprendo depressa e nem preciso de ver as coisas muito ao detalhe, normalmente olho e consigo perceber mais ou menos como é feito e replicar. E não me costumo sair mal. 
Portanto decidi que iria fazer um bolo decorado com pasta de açúcar. 
A minha ideia era um com dois andares, daqueles mesmo "wow", mas a minha mãe torceu o nariz, porque iria sobrar imenso, além de não se justificar, em termos de "imponência" da coisa. Fair enough. Em boa hora concordei em fazer mais pequeno, embora tenha sobrado, foi o tamanho ideal.

Voltando ao YouTube, lá fui ver como é que eles fazem aquela parte de estender a massa e colocar em cima do bolo sem ficar irregular, sem buracos, homogénea, lisinha, ver se havia alguma dica que eu devesse saber antes de começar, etc. 

Acho que o bolo ficou lindo (haters, mais uma para vocês), apesar de simples. As bonecas da Elsa e da Ana ajudaram, ter encontrado o cortador de massa em forma de floco de neve também. 
Sobre preços, ainda estou um bocadinho em choque com os preços do material de cake design.
Para quem nunca fez e não tem nenhum material, é na verdade um investimento inicial carote. 
O bolo acabou por sair muito caro, porque não tinha noção nenhuma das quantidades. Comprei 2,5 kg de pasta de açúcar branca e usei meio kg. Além do branco, comprei as outras cores de pasta de açúcar e como não vendem pedaços pequenos, acabou por sobrar imenso. A validade da pasta é de um ano, por isso ou bem que faço bolos de enfiada nos próximos meses ou despediça-se. O CMC também é caro que dói (o CMC é a "cola" que se usa para aplicar a decoração). As próprias bonecas do bolo (que fizeram toda a diferença) custaram os olhos da cara, mas o tem-de-ser tem muita força.

Enfim, para quem faz habitualmente e já tem algum material, o custo vai-se diluindo, mas só para uma vez não sei se se justifica.
No meu caso, como fazia muita questão de ser eu a fazer o bolo, foi assim. Claro que agora fiquei com vontade de fazer mais, portanto não acredito que vá desperdiçar muito. 

Sobre o resto das coisas: por ser uma festa para crianças pequenas, tive cuidado com os menus. Tentei fazer "comida de festa", mas em saudável. Coloquei tudo em doses individuais, porque acho que resulta melhor para miúdos pequenos (não fazem tanta porcaria a servir, quando vão sozinhos), além de ficar mais bonito. 
A decoração da mesa foi do mais simples que há: as minhas gipsófilas do coração em vasinhos ikea e pronto. Cartõezinhos com a descrição das coisas e pouco mais.

Fazer em casa acabou por não correr assim tão mal. Os miúdos entretêm-se bem uns com os outros e ter uma zona exterior ajuda, porque eles são capazes de passar 3 horas a correr em círculo, sem dar por nada. Parecem peixinhos.

A Maria adorou a festa, os amiguinhos também, os pais também. Só me desampararam a loja perto das 19h, quando a festa supostamente terminava às 17h30 (aprendi recentemente que nos convites para festas de criança temos de colocar hora de "encerramento" para os pais saberem a que horas devem ir buscar os filhotes - faz sentido, não faz?). Alguns pais ficaram durante toda a festa. Não ajudou muito, porque tinha de estar de olho nos miúdos**, mas ao mesmo tempo dar atenção e conversar com os pais. 

Eu sei que vocês querem é ver as fotos e que provavelmente nem leram o texto, por isso, aqui vão algumas fotografias da decoração.





















* Amén
** Deve haver uma regra qualquer entre pais, filhos, pais dos outros e filhos dos outros, porque na casa dos outros, esses outros é que são responsáveis pelos filhos dos outros. Não se percebe.


11 comentários:

  1. A decoração ficou um amor! Simples e super gira! Rio-me sempre imenso com os teus textos :))

    ResponderEliminar
  2. Rosas de maçã? Quero a receita! 😃

    ResponderEliminar
  3. Rosas de maçã? Quero a receita 😃

    ResponderEliminar
  4. Assino em baixo em tudo. Também já organizei algumas festas do género, a última quando o meu pai fez 80 anos e juntei 30 pessoas na minha casa, que não é grande!
    Sim, não fica mais barato, sim dá muito trabalho mas sim, é um desafio que "certas pessoas" gostam :)
    Parabéns themasterbedroom, ficou perfeito, os fofinhos devem ter adorado.
    Beijinhos
    Teresa

    ResponderEliminar
  5. Que coisinhas tão giras, o bolo estava lindo! E tudo com muito bom aspecto :)
    Parabéns por todo o trabalho, valeu a pena :)

    Beijinhos
    http://mimiswardrobe.blogs.sapo.pt

    ResponderEliminar
  6. Pode ter dado imenso trabalho mas ficou muito bonito mesmo!
    Eu também gosto imenso de ser eu a fazer, acho que no final tem outro significado quando olhamos e vemos que ficou tudo bonito e foi feito por nós!

    ResponderEliminar
  7. Minha querida, a festa ficou linda!!
    Quanto ao investimento... bem, agora já investiste mas deixo aqui algumas dicas:
    - comprei na Tiger (super barato portanto) um conjunto daqueles pauzinhos (não sei o nome formal) para modelar pasta de acúcar, com imensas pontas e afins!
    - para "colar", podes usar um pouco de chocolate derretido (dp solidifica e cola) ou clara de ovo, bem mais económico.
    - onde costumo comprar tem pacotes bem pequeninos de algumas cores (250 e até 125g, acho eu), mesmo para pequenos detalhes. Até têm com glitter e dourados e afins - se precisares, compro-te. Online também costuma haver. Também podes misturar massa para fazer cores (como fazíamos em EVT com os guaches)
    - se embrulhares a pasta que sobra em película aderente e a colocares numa caixa bem fechada na dispensa ela aguenta-se! Mesmo que fique mais rija, depois amoleces o que vais usar no microondas, tipo 5 seg de cada vez e vais tentando amassar com os dedos. Fica como nova mas se puseres mais tempo derrete (confirmo-te...)!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Esqueci-me duma dica no comentário anterior! Para bolos de andares, podes fazer comprar o andar de baixo de esferovite, forrar na mesma com pasta de açúcar, mas só o de cima ser comestível:)

    ResponderEliminar
  9. Tentei não me rir que nem uma perdida enquanto lia o texto pq tenho o rebenro a dormir ao colo! Adorei o resultado final (mtoa thumbs up). Gostava de ter essa coragem.. em Agosto tenho o segundo para organizar mas acho que ainda não sinto em mim esse lado de super mãe!

    ResponderEliminar
  10. Sou exactamente assim LOL nas compras e nos prazos! Organizo tudo no fim e já está tudo reservado ... como a minha faz no verão, já fiz piqueniques, já fiz em casa e já fiz nos meus pais (a vencedora, diga-se!) pusemos uma piscina enorme, os miudos de fato de banho e foi uma alegria! Acabou às 22h... imagina :D

    ResponderEliminar
  11. Ahhh e o bolo ficou lindissimo! Não me atrevo a fazer o bolo :D

    ResponderEliminar